Aprovação de uma Estudante Blindada 

Diria que duas das principais características de uma Estudante Blindada são: disciplina e equilíbrio. Se você não tem disciplina consigo mesma, certamente não terá disciplina em relação a sua vida pessoal, profissional, espiritual e muito menos em relação aos seus estudos! E se não há disciplina em sua rotina, certamente sua vida é uma bagunça e totalmente desequilibrada!
No final do ano passado eu estava só o pó! Estava muito cansada! Muito mesmo! (Acho que a maioria compartilha do mesmo sentimento! Rsrs) Meu corpo, minha mente! Minha cabeça já estava pedindo arrego! Eu precisava parar. E foi nesse período de férias que eu refleti muito sobre organização. Sobre a importância de uma vida pautada na disciplina, no equilíbrio e no respeito ao seu corpo e ao seu tempo.
De vez ou outro recebo algumas mensagens de meninas que sempre tem o mesmo dilema! Gostaria que você lesse uma das mensagens que recebi. Veja se você se identifica com alguma parte do texto e preste bastante atenção aos detalhes 😉 Já já voltamos a nos falar 🙂

“Olá.. Sra poderia me dar uma orientação? Eu não sei como dividir meu tempo, segunda, terça e quinta de manhã eu faço curso, que por sinal requer de mim muita dedicação e atenção, pois lida com vidas. Então fico perdida, estou com matérias acumuladas para estudar, tenho que estudar todos os dias. Minha mãe por diversas vezes me cobrou pra fazer tarefas de casa. E na minha casa tem muito serviço pra fazer.. Eu gostaria de ir na igreja quase todo dia, porque preciso buscar pra cada área da minha vida, mas não tenho feito isso, vou nos dias mais importantes, mas sei que por eu ser jovem,tenho que lutar pelas demais áreas, mas lembro de que tenho que estudar e só de lembrar dos meus estudos já fico agoniada porque sei que no começo do curso não me dediquei e agora tenho que estudar tudo até o que já passou, e eu estudando toma muito do meu tempo porque é muita coisa pra aprender, e não consigo conciliar, os estudos, as tarefas que minha mãe cobra de mim, e as reuniões na igreja que eu gostaria de ir, o que faço? Vou nas reuniões a tarde e estudo em casa a noite? Ou vou nas reuniões a noite e estudo a tarde? Creio que podes me ajudar, desde já agradeço, obrigada.”

Pois é! Se identificou? Talvez sua história não seja como a dela, mas COM CERTEZA uma das suas queixas é não ter tempo para fazer alguma coisa (independente do que seja!). E é exatamente por isso que estamos aqui hoje. Prepare suas orelhinhas porque talvez elas irão ser puxadas algumas vezes, sorry! 🙂 Bora?
A primeira coisa que você deve entender é que o tempo não é o seu inimigo, ele trabalha para você, e não contra você! Porém, esse relacionamento é como uma empresa: um de vocês deve assumir o cargo de chefe. Apenas um deve liderar, e quem será? Se você for o líder do seu tempo, então ele trabalhará a seu favor. Agora, se o seu tempo for o seu chefe… Prepare-se! Você será escrava dele e sofrerá os prejuízos e desamores que a falta dele lhe proporcionará! Outra coisa que você deve entender é que você é uma! Como pode uma pessoa querer fazer o trabalho de três, quatro ou de até cinco pessoas?! Muitas meninas me mandam mensagens desesperadas falando que não tem tempo para estudar porque tem muitas responsabilidades. Eu fico aqui pensando: por que você então não abdica de alguma responsabilidade e dá o seu melhor no pouco que lhe foi entregue? Aí vem você, toda de mansinho tentar me convencer: “Ai, Quel… Sabe o que é… Eu amo a minha igreja! Participo do Força Jovem, sou tia da EBI, sou obreira, líder de projeto, ajudo o meu pastor, sou cabeça de tribo, evangelizo, sou do godllywood, namoro e ainda aos sábados ajudo na limpeza da minha igreja! E ah! Quel, eu também tenho família e estudo. Acho que é isso!” Oi? A minha vontade é pegar você é dar um chacoalhão!!! O que você acha? Que está agradando a Deus? Pois te garanto que não está! Você pode até estar agradando ao seu pastor (porque tenho certeza que ele muito se alegra em saber que tem uma pessoa como você que está sempre disposta a servir), mas te garanto que você não está agradando a Deus! “Mas Quel, como você tem certeza disso?” Sabe como? Pelo simples fato de você não estar em equilíbrio! E outra! Você faz mil coisas na igreja, né? Ok! Mas vem cá! Me conta como está a sua casa? Seu quarto, suas roupas…estão tão organizadas como a sua igreja? Como estão as suas notas na escola/faculdade? Entenda, não adianta nada você ser 200% lá na sua igreja, enquanto que na sua casa você não cumpre nem com as suas obrigações! O que adianta você ficar (desculpa o termo) enfiada lá na sua igreja o fim de semana todo e ter uma péssima alimentação? O que adianta? Seu corpo paga o que as suas emoções querem fazer? E qual a parte que o seu corpo é Templo do Espírito Santo que você não entendeu? E a sua família? Já parou para pensar que talvez você fica quase que a semana toda na igreja e nem se quer consegue ficar um dia com os seus familiares? Preste atenção!!! Você é a sua primeira igreja! Cuide dela! Cuide do seu corpo! Cuide da sua saúde!!

Não estou falando isso para você porque sou cheia de altos padrões, porque sou perfeitinha, toda organizada, blá blá blá… Nada a ver!! Falo isso por experiência própria! Final do ano passado eu estava exausta! Estava fazendo tanto por todos e nada por mim! Meu corpo estava clamando por cuidados, atenção, um pouco de tempo. Você quer ir para o hospital para perceber que precisa ter equilíbrio? Eu não estou falando aqui que a solução é parar de ir a igreja, não participar de nenhum grupo, não conversar com ninguém… Nada disso!! Entenda o que eu estou falando! Por favor!! Eu também participo dos grupos da minha igreja, faço parte do FJU, sou obreira, também tenho minhas responsabilidades na igreja, mas nem por isso vivo lá dentro como se eu não tivesse uma vida aqui fora! Aí talvez você que está lendo seja uma que está em um conflito meio “tenso” dentro de você: “Mas Quel, eu também tenho essa opinião… Acontece que o meu pastor/líder não entende isso! Ele não entende que eu tenho que estudar! Ele não entende que tenho minhas obrigações na minha casa, ele não entende que sou uma menina e tenho uma família! O que eu devo fazer?”. Posso ser sincera? Para quem você faz a obra? Para quem? Porque se for para o homem você tem todo o direito de se preocupar com isso, se preocupe mesmo! Mas amiga, se for para Deus, então siga em direção ao seu objetivo e não olhe para trás! Não olhe!! Chame o seu líder e converse de forma bem sincera com ele. Diga a ele sobre sua rotina, sobre as suas responsabilidades… Explique a ele que você tem objetivos na sua vida acadêmica e profissional e que precisa ter um tempo para si! Se o seu pastor entender e te incentivar, ótimo!! Se não entender (desculpe a sinceridade) mas o problema é dele! Não seu! Faça para Deus! Olhe para Deus! Não se culpe por talvez não poder ir todas as semanas ao FJU, por exemplo! Amiga, eu não posso ir todos os sábados ao FJU, e aí? Quem vai me julgar? Eu não moro com meus pais, tenho minha casa para arrumar, roupa para lavar, passar, comida para fazer, tenho que dormir, cuidar da minha saúde, ter meu tempo a sós com Deus, tenho um namorado, tenho minha família, tenho meus estudos, o blog… E quantas “Raqueis” existem? E é a pergunta que você deve fazer! Quantas “Anas, Camilas, Paulas, Gabrielas, Stefanys” existem dentro de você? Eu já conversei com o meu líder e (graças a Deus) ele me entendeu e super me incentiva a estudar. Se seu líder não te entende, ore por ele! Ele, infelizmente, não é visionário! Mas amiga, por favor! Pare de ficar empacando a sua vida por coisas tão pequenas! Mantenha a sua comunhão com Deus e siga em frente!!
MAS, por favor!! De maneira nenhuma deixe sua comunhão com Deus de lado! Jamais!!! Sua comunhão com Deus deve ser mantida à risca! Independente de poder ir a igreja mais vezes a semana, ou não 😉 Sugiro que você leia o post que escrevi sobre uma Estudante que tem Comunhão com Deus 😉 O Post está aqui no blog 😉
Vamos lá!

Lição I: tenha equilíbrio.

Lição II: tenha disciplina com a sua comunhão com Deus, com o seu corpo, com a sua alimentação, com o seu sono, com os seus estudos, com as suas responsabilidades na igreja, com a sua família e consigo mesma!

Nessas férias, vi uma lista que eu gostei demais! Olhem só que forte! Pelo o que fiquei sabendo, essa lista foi escrita por um professor. Como eu gostaria de parabeniza-lo! Que sabedoria!! Percebam o equilíbrio e a disciplina inseridos nessa listinha. Apresento-lhes os 18 passos para o sucesso nesse ano de 2016:

Leia essa listinha umas 500 vezes, se for necessário! Talvez você não possa dormir esse horário, acordar esse horário… Talvez você não possa seguir EXATAMENTE o que a lista te propõe, mas entenda! Tenha equilíbrio e disciplina, com essas duas coisas você certamente terá a aprovação que você tanto procura 😉

Que Deus sempre esteja a sua frente e seja o primeiro em sua vida 😉

Nos vemos!

Quel Delatorre

Meu Instagram: @queldelatorre

Anúncios

29 comentários sobre “Aprovação de uma Estudante Blindada 

  1. Olá Raquel, gosto muito do seu blog e tem me ajudado muuito… Muitas vezes não temos disciplina com os estudos, em geral com nos afazeres, nossa vida e acabamos nos enrolando toda… Mas se praticarmos a disciplina teremos sucesso em nossos planos. Sou concurseira e tenho cometido alguns erros e estou procurando me disciplinar para conquistar a tão sonhada nomeação… Obrigada…

    Curtir

  2. Boa noite!!! Eu tenho problemas com a disciplina, eu sempre quero me organizar, mas tudo sai dos eixos, chega fim de semana, como não estou acostumada a dormir durante o dia, acabo dormindo e não queria, a única vez que saio de casa é para ir ao trabalho, no sábado e, ir à igreja, no domingo, às vezes, vou evangelizar, só. Obrigada!!!

    Curtir

  3. Queeel do céu!Rs. Muito obrigada por esse post! Sabe, uma das minhas metas desse ano ( que já estou conseguindo cumprir:) é aprender a dizer NÃO. Foi bem difícil no começo, porque eu sempre queria ajudar todo mundo ( como minha mãe dizia ”abraçar o mundo”) só que eu acabava não conseguindo terminar nada do que eu começava:( e nem ajudava a mim mesma. Estou aprendendo a ter prioridades e a respeitar os meus limites. Super beijos de uma estudante blindada que espera a aprovação em fisioterapia! ❤ ❤ ❤

    Curtir

  4. Queeel, amei esse post porque aconteceu comigo, eu tenho responsabilidades na igreja também, e sou do FJU, não estava tendo disciplina e nem equilíbrio, resultado minhas notas na faculdade foram caindo, foi aí que me despertei que não estava agradando a Deus pois que testemunho eu estava dando para os colegas de curso? Na igreja fazia tudo, mas fora da igreja não me esforçava e vivia exausta, muito cansada, foi aí que conversei com meu líder e expliquei que não dava pra assumir certas responsabilidades e então me dediquei ao curso de Fisioterapia, e também a minha família, buscando sempre ter equilíbrio!

    Beijooos :*

    Curtir

  5. Nossa, estava precisando exatamente dessa palavra.
    Estudo de manhã/ noite e trabalho a tarde. Meu objetivo em 2016 é estudar o máximo que puder, aprender para consequentemente passar em um concurso e estava questionando como iria conseguir fazer tudo em 24h por dia: dormir, estudar, ter comunhão com Deus, praticar exercicios fisicos, arrumar casa/roupas, ler etc. Ufaa, muita coisa.
    Mas tenho certeza que essas palavras estarão comigo durante o ano: disciplina e equilíbrio. Sobretudo equilíbrio.

    Curtir

  6. Com toda a certeza esta mensagem foi para mim,pois me sinto mal em não poder ir evangelizar e principalmente por que a minha faculdade e de segunda a sábado então no sábado eu saia da aula e ia evangelizar para o FJU mais eu sabia que deveria ir para casa,descansar e estuda a matéria,para assim esta disposta para o domingo tento me dividir em varias pessoas e tenho consciência que sou apenas uma,esta mensagem me ajudou muito não adianta eu ir para o bairro evangelizar se não dou bom testemunho com minhas notas se estou sempre cansada e no limite do meu corpo,vou ser mais equilibrada a partir de hoje, e escrever um cronograma para seguir as aulas estão iniciando preciso por o que aprendi aqui em pratica.

    Curtir

  7. Minha vida estava exatamente assim, e somado a falta de dinheiro rs ( pois parece que dinheiro é inimigo dos estudantes) eu tive que parar para respirar se não eu iria dar um treco e cair dura rs. Foi muito difícil esse momento e tem sido até hoje, tenho encontrado muitas respostas e direcionamento aqui no blog, não é fácil conciliar muitas coisas em nossas vidas, há momentos que temos que correr para os pés de Deus e pedir ajuda, eu tenho buscado forças para recomeçar e tenho me preparado para isso, uma nova caminhada em 2016 aprendendo a caminhar corretamente, dando um passo de cada vez com leveza, compromisso, dedicação e responsabilidade, colocando Deus em primeiro lugar sempre.

    Obrigada Quel, você tem me ajudado muito nisso. Bjs

    Curtir

  8. Muito bacana Quel!
    Minha vida era uma correria até ano passado, quando eu fazia faculdade. Trabalhava das 8h as 17h30, ia correndo pra igreja assistir a reunião das 18h e saia as 19h para ir para a Facul… De sábado arrumava a casa e de noite ia pro Fj, de domingo as vezes dava para descansar… Era um tempo apertado, mas consegui conciliar tudo graças a Deus! Agora que terminei a facul estou me dedicando mais a familia e a vida espiritual, comecei a fazer janta, rs.

    Curtir

  9. Falou comigo… Um dia conversei com a esposa do meu PR. Sobre meu desespero, estava chorando a ponto de entrei em decadência espiritual…. Então minha esposa falou ” Juliana você é boa em organização, melhor do que eu..rsrs Então divisa seu tempo e tudo vai melhorar “…
    E parei pra pensar que, eu organizava tudo na minha IURD…. Mas minha vida era um caos… Agora faz um tempo que estou lutando para mudar, entrei no no Godllywood e estou aprendendo a dividir responsabilidades…. Seu post. Me ajudou muito, Obrigada!!!!

    Curtir

  10. oi Quel, esse foi o primeiro post que li e me ajudou muito. Estou entrando no ensino médio e já estou focando no Enem. Quero dar o meu máximo esse ano, sem deixar a minha comunhão com Deus.
    Que Deus te abençoe !!

    Curtir

  11. Olá, Quel! Tudo bem?

    Tenho 18 anos e no ano de 2015 tive o prazer de conhecer o seu blog (lembro até hoje a felicidade que senti ao ver um site cujo foco era o cristianismo aliado aos estudos). Sempre me considerei uma pessoa que possui um grande afinco pelo conhecimento, mas que nunca realmente soube conciliar esse interesse pelos outros afazeres do cotidiano e o desejo de servir mais a Deus – que, antigamente, e erroneamente, pensava que o poderia fazer somente na igreja.
    A vontade de fazer a obra de Deus através daquilo que sempre tive apreço, o estudo, sempre foi uma certeza que eu tive. Portanto, seguindo os ensinamentos dEle, descobri os melhores aliados para um resultado efetivo: vontade + direção correta. No entanto, ainda no ano de 2015, enfrentei o “temido” 3° ano, convênio, e vi que essa pequena fórmula não vai pra frente sem uma última coisinha: a prática.

    Minha rotina era puxada e 80% do meu dia eram reservados para o estudo e com isso o tempo para as coisas de Deus foram colocadas a prova: tudo o que eu proferia acerca da minha fé seria transformado em verdade através das minhas ações ou ficaria apenas na teoria? Não demorou muito para que o desgaste emocional viesse. Acusações. Desespero. Perfeccionismo. Emoções que nos consomem cada vez mais. Somos fortes o suficiente para seguirmos em frente, Deus nos promete a vitória, mas a mente humana, quando em seu “complexo de vira-lata”, nos impede de CRER sem VER. Nunca tinha passado por um conflito interno tão grande. Realmente, falar é fácil demais! Aliado a isso, Quel, minhas notas, mesmo com o estudo intenso, drasticamente começaram a reduzir e a minha mente e corpo se esgotavam cada vez mais rápido. Sentia-me medrosa e ansiosa e como alguém pode tomar decisões firmes e sábias tomada de emotividade? Totalmente inviável!

    (E aproveitando: adendo aos vestibulandos, por favor, cuidem de si, da sua mente e do seu corpo!! Corpo fraco é igual a mente fraca. Estudar 24 horas por dia não trará resultado se você o fizer mentalizando nervosismo e incerteza. Por isso, tome um tempo pra fazer algo que o relaxe e nunca deixe sua fé de lado.)

    O autojulgamento me consumia, sendo “aliviado” quando fazia ainda mais planos pra mim com pensamentos que quase sempre começavam com “quando eu passar” visando minha própria bonificação e me imaginando mostrando tudo que conquistaria para os que estavam ao meu redor. Uma bola de neve de tudo o que poderia dar errado, não é? A insegurança e o ego podem andar juntos, sim, quando o motivo dessa insegurança seja o medo de não viver às expectativas de fulano ou ciclano. Um dos maiores males do ser humano, infelizmente.

    Já chegando ao meu limite, de constante mau humor e descontando nos outros, Deus me respondeu enviando o seu blog, e dentre outros do espaço Universal, pra puxar a minha orelha e mostrar que eu estava tão errada que, só de lembrar agora desses momentos, vejo quão grande é a misericórdia de Deus por não desistir de nós. “Estudantes Aliadas”, “Levada ao deserto” e “Como uma estudante vence?” são posts que até hoje carrego comigo, e carregarei para sempre, e que representam as respostas para milhares de perguntas que eu tinha massacrando a minha mente. Não esperei sentir vontade para voltar a orar com fervor, estar presente com a Palavra de Deus e fazer valer cada ensinamento divino. Sentir não resolve nada.

    A época de provas foi chegando e, posteriormente, os resultados e a escolha de cursos, mas adivinhe só… Através de uma oração, vi que os meus planos não eram os planos de Deus, por que em mim, até então, faltava sinceridade. Que baque que eu levei, Quel! Feio mesmo! E então na mesma semana, fiz um propósito para que o Senhor me mostrasse a escolha que O glorificasse e assegurasse que eu fizesse a Sua obra, tocando almas com o meu conhecimento. Seria tudo pra Ele!! Cada minuto, mês, ano, provas, seminários…! E então fiz minha inscrição com tanta vontade que pela primeira vez no ano pude respirar sem nervosismo.

    Hoje vejo que o deserto é necessário a todos nós para que nossa única opção seja confiar em Deus, que sejamos moldados e forjados no fogo. Somos fortalecidos pelos problemas e quanto mais perseguições, maior é a certeza de que estamos no caminho certo.

    “Vós bem intentastes mal contra mim, porém DEUS o tornou em bem, para fazer como se vê neste dia, para conservar em vida um povo grande”. (Gênesis 50:20).

    E então, no começo de 2016, recebi a confirmação de que fui aprovada em 2º lugar no curso de Fisioterapia em uma excelente Universidade Federal!

    Quel, que Deus a abençoe mais e mais e que todos nós, leitores e autora, construamos um corpo de profissionais cada vez mais instruídos pelo SENHOR a testemunhar com nossos exemplos a eterna e magnífica glória de Jesus Cristo!

    E aos que buscam a aprovação: “O plano de Deus é fazer com que o seu povo conheça esse maravilhoso e glorioso segredo que ele tem para revelar a todos os povos. E o segredo é este: Cristo está em vocês, o que lhes dá a firme esperança de que vocês tomarão parte na glória de Deus.” (Colossenses 1:27)

    Que Deus ilumine a todos(a)!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Querida Lana,
      Me emocionei com o seu testemunho! Como o nosso Deus é maravilhoso!!! Estou tão feliz por ter lido tudo isso!!!
      Gostaria que me mandasse uma foto sua! Se você tiver, poderia ser uma foto sua no trote da faculdade ou Qqr outra 🙂
      Estou aguardando 😉 me add no facebook ou me mande pelo estudanteblindada@gmail.com

      Um super beijo em você!!! Que Deus te abençoe muitíssimo!!! ❤️

      Curtir

  12. Esse blog tem me ajudado tanto, pois é onde posso encontrar concelhos em relação a fé e aos meus estudos. As vezes parece que ninguem entende as nossas dificuldades, mas aqui encontro um apoio.

    Curtir

  13. Querida Raquel, posso te dar um abraço?

    Ha, se a treze anos atrás eu tivesse alguém que me orientasse desta forma. Certamente não passaria pelas dores que eu passei. Eu era essa mocinha que você descreve, eu vivia na igreja, por que o responsável não entendia que eu estudava. Eu fazia o curso de Direito e cheguei a reprovar na faculdade por medo de perder o uniforme. Sabe o que eu ganhei? Dor e quase perdi a salvação por que fiquei sufocada com tudo o que acontecia. Eu não morava com os meus país e tive o privilégio de somente estudar e dedicar os dois últimos anos da faculdade no estágio obrigatório. Eu fiz TUDO errado. Hoje colho as consequencias das escolhas erradas que eu fiz, tudo por que eu obedecia o homem. Hoje sou uma nova mulher. Minha comunhão com Deus é totalmente diferente da que eu tenho hoje. Não estou de obreira, mas faço a obra de Deus. Hoje tenho equilíbrio e volta e meia estou estudando alguma coisa. Até alemão eu comecei a estudar. Que o Senhor Jesus continue te usando cada vez mais, que a sua vida seja sempre para honra e glória Dele.

    Abraços.

    Curtir

  14. Olá Quel. Parabéns pelo seu blog porque está ajudando muuuitas meninas com certeza. E claro que a mim também. Esse ano talvez seja o mais corrido da minha vida e confesso que estou com um pouquinho de medo, mas… vamos ter que ir com medo mesmo kkk mas vai arrebentar idependente de como for, minha comunhão com Deus tem que vir em primeiro lugar. E vou melhorar um grande problema meu que é ser lerda kkk vou ter que correr contra o tempo mas não posso deixar ele ser meu chefe. Não mais!

    Curtir

  15. Quel, que post abençoado. Definitivamente tenho buscado esse equilíbrio mas mesmo assim as vezes, me sinto esgotada e cansada. Também já tentei abraçar o mundo inteiro e vi que não conseguia e parei de me culpar por isso.Agora tenho aprendido a falar “não” e agir com equilibrio. Obrigada pelos ensinamentos. Tem me ajudado muito. Tenho um post seu impresso e colocado na parede rsrsrs
    Beijos

    Curtir

  16. voltei…estava meio sumida por aqui amei o post quel com certeza serve de lição para mim, de uns tempos para ca não estou com responsabilidades diversas na igreja e não vou todos os dias tiro alguns para descansar e estudar,mas domingo e todo da igreja,mas dentro de casa devo tomar providencias para cumprir minhas tarefas,as vezes estou acumuladas de estudo e não fazia e minha mãe sempre reclamando mas com este post me fez perceber que o motivo de isso acontecer e a minha falta de organização a culpa e minha..Então acho que agora e so colocar em partica..Percebi que falou um pouco de você neste post e amei,quando puder fale mais..um beijão de sua querida seguidora..
    PS:existem outras ‘stefanys” existem ta vendo quando DEUS quer falar e nos corrigir..

    Curtir

  17. Interessante,eu estava acabando de me perguntar ao espírito santo o que fazer com a correria dá minha vida,ando exausta com tantas tarefas e compromissos em casa e na igreja,e aí uma jovem dá FJU em que participo me comenta sobre esse blog e tira todas as minhas dúvidas e conflitos que havia dentro de mim.Obrigado Deus,obrigado o espírito santa e obrigado a este blog por existir,que Deus continue usando mais e mais.

    Curtir

  18. Muito bom! Queria ter lido esse texto antes, pois estou incluída nessa situação.
    Preciso estudar pois vou prestar vestibular, trabalho a tarde, tem a igreja, e devo achar o equilíbrio.
    Acho que já deve fazer um mês que não consegui estudar nem 1 minuto sequer por dia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s